Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > História
Início do conteúdo da página

  • APRESENTAÇÃO DO MAB

 

            O MAB foi criado em 19 de fevereiro de 2004 por iniciativa do Major-Brigadeiro do Ar Tiago da Silva Ribeiro para divulgar e preservar a história do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial – DCTA.

            O DCTA é reconhecido na comunidade científica brasileira e internacional, sendo considerado atualmente um dos mais importantes centros de ensino, pesquisa e desenvolvimento do setor aeroespacial na América Latina e em todo o mundo.

            Para contar essa história e divulgar o desenvolvimento aeroespacial no país, o DCTA construiu o Memorial Aeroespacial Brasileiro – MAB.

 

  • O PLANO MUSEOLÓGICO

O Estatuto dos Museus Brasileiros indica que “é dever dos museus elaborar e implementar o Plano Museológico”. O texto esclarece que:

"O Plano Museológico é ferramenta básica de planejamento estratégico, de sentido global e integrador, indispensável para a identificação da vocação da instituição museológica, para a definição, o ordenamento e a priorização dos objetivos e das ações de cada uma de suas áreas de funcionamento, bem como fundamenta a criação ou a fusão de museus, constituindo instrumento fundamental para a sistematização do trabalho interno e para a atuação dos museus na sociedade. (Estatuto dos Museus Brasileiros. Lei 11 904/2009 art. 44 e 45)."

 

Em outras palavras, a elaboração do Plano Museológico é necessária para:

  1. Construir a visão de futuro, missão e objetivos principais de um Museu;
  2. Mostrar com clareza quais serão as necessidades da instituição;
  3. Organizar o trabalho interno da instituição;
  4. Definir prioridades para a realização de despesas e elaboração de projetos;
  5. Organizar a proposta orçamentária;
  6. Justificar para terceiros despesas e investimentos a serem realizados.

 

 

Fim do conteúdo da página